Notícias

TCU afirma que Indústrias Nucleares Brasileiras possuem fragilidade ecônomica

Em 2022, a companhia, responsável pela atuação na cadeia produtiva do ciclo dos combustíveis nucleares, passou por uma estruturação acionária. Desde então, não é mais dependente da União e nem mesmo recebe recursos do Tesouro Nacional. Atualmente, a INB está sob o guarda-chuva da Empresa Brasileira de Participações em Energia Nuclear e Binacional (ENBpar).  

Matéria: UOL Notícias

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo