Esporte

Técnico do West Ham sai em defesa de Kalvin Phillips após gesto obsceno

O técnico do West Ham, David Moyes, saiu em defesa do meio-campista Kalvin Phillips nesta segunda-feira. O jogador vem sendo alvo de parte da torcida e fez um gesto obsceno no fim de semana.

Emprestado ao clube de Londres pelo Manchester City durante a janela de transferências de janeiro, o jogador, que quer mais minutos em campo para poder disputar a Eurocopa de 2024, não tem apresentado o desempenho esperado em seu clube. Phillips teve participação em dois gols sofridos nos dois primeiros jogos pelo West Ham e foi expulso na quarta partida.

No sábado, na derrota diante do Newcastle por 4 a 3, o meia entrou em campo aos 69 minutos, com sua equipe vencendo por 3 a 1. Sete minutos depois, cometeu um pênalti, convertido pelo adversário, e foi superado na velocidade no último gol do Newcastle.

Em vídeo divulgado por diversos meios de comunicação, incluindo o jornal inglês The Sun, o jogador de 28 anos pode ser visto mostrando o dedo médio na direção de um torcedor que criticava seu desempenho enquanto entrava no ônibus do time.

“Kalvin é um ser humano e, como todos nós, pode fazer algumas coisas em momentos difíceis”, afirmou Moyes. “Ele precisa que o apoiemos, que as pessoas o ajudem, e vamos defendê-lo e ajudá-lo o máximo que pudermos”, acrescentou.

Na véspera do jogo em casa contra o Tottenham, pela 31ª rodada da Premier League, Moyes fez um apelo à torcida do London Stadium. “Obviamente, precisamos que todos os nossos torcedores apoiem todos os nossos jogadores, sejam eles quem forem.”

“Kalvin Phillips é um jogador muito bom, de seleção, e acho que é um excelente jogador”, continuou o treinador escocês.

O tempo parece estar se esgotando para Phillips, cujo status de jogador da seleção inglesa tem sido questionado nos últimos meses. Com a proximidade da Euro 2024, que começa em 14 de junho, na Alemanha, o técnico Gareth Southgate, da seleção inglesa, não o convocou para os dois amistosos disputados no mês passado. A Inglaterra foi derrotada por 1 a 0 pelo Brasil e empatou por 2 a 2 com a Bélgica.

Gazeta Esportiva

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo