Esporte

Torcedores invadem sede do Fluminense no Rio de Janeiro

A sede do Fluminense nas Laranjeiras, bairro do Rio de Janeiro, foi invadida por torcedores nesta terça-feira (2). Cerca de 50 pessoas entraram no local pelo estacionamento da Avenida Pinheiro Machado. Os manifestantes protestaram contra o presidente Márcio Bittencourt, os jogadores e a fase do time, que amarga a lanterna do Brasileirão.

Foram arremessados rojões para dentro da sede, o que gerou um enorme correria e furdunço por parte dos torcedores e de funcionários. Segundo informações do Ge, a Polícia Militar foi chamada para o local. Ainda não foi divulgado se há feridos.

Esse não é o primeiro protesto contra a diretoria tricolor neste ano. No dia 22 de junho, torcedores compareceram ao Centro de Treinamento Carlos Castilho, no Rio de Janeiro, para reclamar com os jogadores. Os carros de diversos funcionários do clube foram parados pelos tricolores que se encontravam no local.

O Fluminense tem vivido situação delicada na Série A do Campeonato Brasileiro. O time é o lanterna da competição, com apenas seis pontos em 11 jogos. Primeira equipe fora da zona de rebaixamento, o Vasco, em 16º, tem 11 pontos.

Mudança de ares?

Dado o mau início no Brasileirão, a diretoria do Fluminense optou pela demissão do técnico Fernando Diniz, campeão da Copa Libertadores em 2023. Por dois jogos, o tricolor foi comandado pelo interino Marcão. Porém, nesta segunda-feira (1), o clube carioca anunciou a contratação de Mano Menezes.

Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas


CNN Esporte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo