Tecnologia

Transmissão ao vivo passará a ser cobrada pelo X; entenda 

O X anunciou que, em breve, incluirá a capacidade de transmissão ao vivo (Lives) da plataforma sob o guarda-chuva de seu acesso pago, ou seja, o plano premium. A mudança, conforme apontou o Engadget, tornará o X a única grande plataforma social a cobrar pelo recurso, que atualmente é gratuito no Facebook, Instagram, YouTube, Twitch e TikTok. 

O que você precisa saber: 

  • Diversos recursos adicionais do X, tais como pós-edição, textos mais longos e feeds sem anúncios são acessíveis apenas para assinantes; 
  • A estratégia é uma forma da plataforma atrair mais clientes; 
  • Embora o X não tenha deixado claro o motivo da mudança, ao que tudo indica, a ideia é a mesma ao adicionar a transmissão ao vivo ao plano premium; 
  • Essa, no entanto, é a primeira vez que a rede social priva um recurso amplamente gratuito; 
  • Com isso, ela também se torna a única grande plataforma social a cobrar pela função. 

Leia mais! 

A partir de breve, apenas assinantes Premium poderão transmitir ao vivo (criar transmissões de vídeo ao vivo) no X. Isso inclui transmitir ao vivo a partir de um codificador com integração X. Atualize para Premium para continuar ao vivo.

X em comunicado.

Vale lembrar que há outros sinais de que a plataforma de Elon Musk quer cobrar por outras funcionalidades simples.  

Recentemente, a empresa introduziu uma cobrança anual de US$ 1 para novas contas terem privilégios na Nova Zelândia e nas Filipinas. Embora a empresa ainda descreva o esquema como um teste, Musk sugeriu que deseja expandir as taxas para todos os novos usuários. 

Atualmente, o X, antigo Twitter, oferece três planos de assinatura no Brasil: 

  • Básico, por R$ 15,75 por mês; 
  • Premium, por R$ 42 por mês; 
  • E Premium+, por R$ 84 por mês. 

A contratação desses planos só está disponível através da versão web da plataforma, não havendo previsão imediata para sua disponibilidade nos aplicativos para Android e iOS. Essa estratégia pode ser uma tentativa da desenvolvedora de contornar as altas taxas cobradas pelas lojas de aplicativos em transações dentro dos apps. 

Olhar Digital

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo