Notícias

Trump diz que US$50 mi foram levantados na maior arrecadação de fundos até agora

O jantar, realizado na casa do bilionário gestor de hedge funds John Paulson, em Palm Beach, destinará uma parte do dinheiro para um grupo de arrecadação de fundos que gastou dezenas de milhões de dólares em honorários advocatícios de Trump.

Embora Trump tenha encontrado dificuldade para conseguir a adesão de alguns dos principais doadores republicanos tradicionais, ele mantém o apoio de alguns pesos pesados. Os coanfitriões no sábado, por exemplo, incluem o investidor de hedge funds Robert Mercer e sua filha e ativista conservadora Rebekah, o investidor Scott Bessent e o magnata dos cassinos Phil Ruffin, de acordo com o convite para o evento de arrecadação de fundos ao qual a Reuters teve acesso.

“As pessoas estão apenas querendo mudanças. Os ricos querem isso, os pobres querem isso”, disse Trump antes do evento, acompanhado por sua esposa Melania Trump, que tem se mantido afastada da campanha até agora.

O porta-voz de Biden, Ammar Moussa, disse na rede social X que bilionários compareceram ao evento de Trump devido a preferências fiscais. “Os ultrarricos estão realmente furiosos com Joe Biden por fazê-los pagar a sua parte”, publicou.

Paulson foi apontado por Trump como potencial secretário do Tesouro, de acordo com duas fontes. Bessent também foi indicado para o papel, disse uma dessas fontes.

Em um comunicado divulgado no sábado, Paulson disse que o “apoio esmagador” no jantar, no qual se esperava a presença de 100 convidados, foi um sinal de entusiasmo por Trump.

Matéria: UOL Notícias

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo