Economia

Vai declarar o Imposto de Renda pela 1ª vez? Saiba como fazer

Na área de “Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica”, relacione todos os salários recebidos ao longo do ano passado. O preenchimento deve ser realizado com os mesmos valores apresentados no informe de rendimentos entregue pelo empregador.

Utilize a ficha de “Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Física/Exterior” para mencionar, entre outros casos, valores recebidos por trabalhos autônomos ou aluguéis.

Em “Rendimentos Isentos e Não Tributáveis” devem ser incluídos os auxílios recebidos do governo, como saques do FGTS e seguro-desemprego. Além disso, é o campo destinado para restituições do Imposto de Renda e possíveis rendimentos da poupança.

Já na ficha de “Pagamentos Efetuados”, cite todos os desembolsos efetuados no ano passado. Entram na lista gastos com saúde, educação, alugueis e pensão alimentícia. É importante ter a comprovação dos pagamentos para não ter dores de cabeça com o Fisco.

Liste em “Dívidas e Ônus Reais” todas as contas pendentes com valores acima de R$ 5.000. A ficha de “Bens e Direitos”, por sua vez, deve ser dedicada a declaração das posses do contribuinte, como carro, casa, investimentos e contas bancárias.

Welinton Mota, diretor tributário da Confirp Contabilidade, orienta que todos os bens apresentados pela primeira vez devem ter os valores repetidos em “Situação em 31/12/2022 (R$)” e “Situação em 31/12/2023 (R$)”.

Matéria: UOL Economia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo