Economia

Viagens em superiates da Four Seasons chegam com preços recordes

Quando a Four Seasons Yachts inaugurar seu primeiro navio com 95 suítes em janeiro de 2026, ele poderá se tornar a forma mais cara de fazer cruzeiro. Sete noites no Caribe custarão nada menos que US$ 20 mil por suíte, ou até US$ 330 mil para a suíte envidraçada de quase 920 metros quadrados que fica em frente ao imponente funil do navio.

O que você receberá com seu dinheiro é espaço. Com 34 mil toneladas brutas e 679 pés, o Four Seasons 1, de 400 milhões de euros (US$ 434 milhões), tem o mesmo tamanho de alguns navios de cruzeiro que transportam 700 passageiros, embora transporte apenas 222, no máximo, em seus 14 conveses. Até mesmo o navio Ilma, de proporções generosas, do Ritz Carlton Yacht Collection, que será inaugurado em agosto, empalidece em comparação, com 46.750 toneladas brutas para 456 convidados.

O que você não conseguirá com esse preço de US$ 47 mil por noite (ou com qualquer suíte no iate) é champanhe à vontade – ou mesmo almoço e jantar – o que pode chocar os viajantes frequentes. Esse é exatamente o ponto: Four Seasons Yachts não tem como alvo os frequentadores de cruzeiros, mas os hóspedes de sua entidade irmã Four Seasons Hotels e os clientes fiéis da marca, que estão acostumados a pagar à la carte.

“O que estamos criando não é um navio de cruzeiro e não é um iate”, diz Thatcher Brown, diretor comercial da Marc-Henry Cruise que possui e opera conjuntamente a Four Seasons Yachts. “É um híbrido único que será diferente de tudo que existe no mercado.”

Estilo sutil, preço sem precedentes

(Divulgação)

Quando estava conceituando o projeto de seu primeiro navio, a Four Seasons Yachts se inspirou em um dos navios mais famosos e glamorosos do mundo: o Christina O, de 325 pés, que já foi propriedade do magnata grego Aristóteles Onassis e agora está disponível para fretamento privado. A característica mais notável emprestada do Christina O é a piscina, que, com 66 pés no Four Seasons 1, é uma das maiores no mar. Em ambas as embarcações, o desenho é baseado em um convés de popa em formato de canoa, com fundo que pode ser elevado até o nível do chão para criar uma grande superfície de dança.

Os interiores são da designer naval Tillburg, da Suécia, com contribuições criativas da marca de estilo de vida de luxo Prosper Assouline. Eles combinam a sensibilidade hoteleira calorosa, simples e elegante do Four Seasons com amplas vistas para o mar.

Todas as suítes terão janelas do chão ao teto e terraços ao ar livre, sendo as menores com mais de 49 metros quadrados. As principais suítes são do tamanho de uma villa, com piscinas externas.

Abrangendo quatro níveis, a suíte Funnel de três quartos, de última geração, acomoda até seis pessoas – se você contar uma criança em uma cama dobrável. Possui vistas panorâmicas de 280 graus a partir de imponentes janelas envolventes feitas do maior pedaço de vidro contíguo do mar (sim, as pessoas medem esses superlativos). Há também um spa e uma academia.

Essa suíte específica pode até ser ampliada: três suítes adjacentes podem formar um quinto nível ou servir como espaço para uma comitiva e seguranças. Embora o conceito de colocar a maior suíte no funil seja um tanto novo, a Disney Cruise Lines tem uma suíte com tema Moana de quase 185 metros quadrados no funil de seu Disney Wish para 4.000 passageiros.

Entre as suítes alternativas, a Suíte Loft de dois quartos (a partir de US$ 189.300 por sete noites) tem quase 743 metros quadrados e pode ser combinada com quartos adjacentes para acomodar até 20 pessoas por um preço total superior a US$ 300.000. Um sistema inovador de paredes modulares permite à Four Seasons Cruise conceber cerca de 100 combinações diferentes de suítes.

O preço do iate está alinhado com as melhores suítes de hotéis de luxo em todo o mundo, observa Rob Clabbers, presidente da Q Cruise + Travel em Chicago. Seus convidados estão acostumados a pagar US$ 40 mil por noite por uma suíte presidencial ao visitar as principais cidades do mundo. Mas esse preço não tem precedentes para os cruzeiros, um setor apreciado pela sua acessibilidade.

Até mesmo a extravagante Suíte Regent de 408 metros quadrados, a bordo do Seven Seas Splendor da Regent Seven Seas Cruises., com capacidade para 750 passageiros – considerado um dos navios mais luxuosos atualmente no mar – traz melhor valor. Embora custe US$ 1,7 milhão para duas pessoas, isso equivale a um itinerário de 140 noites ao redor do mundo. Dividido em custo por noite, é cerca de US$ 6.000 por pessoa, por noite, incluindo alimentação, álcool, passagem aérea de primeira classe e excursões em terra. A Suíte Funnel do Four Seasons custa US$ 8.000 por pessoa, por noite, considerando um contingente completo de seis convidados.

Sem almoço grátis

(Divulgação)

O Four Seasons 1 poderá ter apenas 95 suítes, mas oferecerá 11 restaurantes e lounges, com detalhes ainda sendo decididos. Apenas o café da manhã está incluso na tarifa do quarto. Todas as outras refeições e bebidas alcoólicas serão à la carte, embora crianças de até 12 anos não paguem. As únicas inclusões além do café da manhã serão gorjetas, café e refrigerante.

© 2024 Bloomberg L.P.

Quer ficar por dentro das principais notícias que movimentam o mundo dos negócios? Inscreva-se e receba os alertas do novo InfoMoney Business por e-mail.

Infomoney

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo