Entretenimento

Zezé Di Camargo & Luciano relembram 30 anos de carreira com show cheio de nostalgia e romance em Ribeirão Preto


Dupla se apresentou na madrugada desta quarta-feira (1º) no Ribeirão Rodeo Music 2024 em Ribeirão Preto (SP) e ganhou carinho do público. Zezé Di Camargo e Luciano no palco do Ribeirão Rodeo Music 2024 em Ribeirão Preto, SP
Érico Andrade/g1
Que o sertanejo é generoso, todo mundo sabe. Duplas ou artistas em carreira solo interpretam, claro, o próprio repertório, cantam as modas de outros, e por aí vai. Mas, quando se trata de Zezé Di Camargo & Luciano e da história que os irmãos goianos construíram, não cabe mais nada.
Faça parte do canal do g1 Ribeirão e Franca no WhatsApp
Não que eles não queiram, é que em duas horas de show, como fizeram na madrugada desta quarta-feira (1) no Ribeirão Rodeo Music 2024 em Ribeirão Preto (SP), é difícil até mesmo escolher o que entra e o que fica de fora da lista.
É assim no show da turnê “Novos Tempos”, que reúne canções icônicas da dupla ao longo de 33 anos de carreira. No projeto, Zezé e Luciano incluíram músicas que há muito tempo não figuravam no setlist, como “Saudade Bandida”.
Falando em saudade, fazia dez anos que Zezé e Luciano não se apresentavam no rodeio de Ribeirão Preto. Juntos, a última vez que os irmãos passaram pela cidade foi em 2022, mas com a turnê do projeto Amigos.
Zezé Di Camargo e Luciano no palco do Ribeirão Rodeo Music 2024 em Ribeirão Preto, SP
Érico Andrade/g1
Na madrugada desta quarta-feira (1) tiveram o palco só pra eles e protagonizaram um show cheio de nostalgia e romance.
“Que noite maravilhosa. Luciano, falaram que fazia 10 anos que a gente não vinha aqui fazer show no rodeio”, disse Zezé.
“Hoje todo mundo é de uma cidade chamada sertaneja. Quem é o do time Zezé do Camargo levanta a mão”, disse Luciano ao puxar as palmas do público em “Dou a Vida Por Um Beijo”.
Zezé Di Camargo & Luciano fizeram questão de transitar por todo o palco pra cantar bem perto dos fãs. Na plateia, diferentes gerações: novinhos, trintões, sessentões. Em comum, as letras na ponta da língua, provando que as letras não são atemporais.
Zezé Di Camargo e Luciano tocam 30 anos de sucessos no palco do Ribeirão Rodeo Music 2024 em Ribeirão Preto, SP
Érico Andrade/g1
Após cantar “Dois Corações e Uma História”, Zezé Di Camargo disse que a canção tinha quase 30 anos e brincou com uma jovem na plateia.
“Tem quase 30 anos que gravamos, aliás todas tem pelo 20 ano, tem gente aqui com 19 anos e tem gente aqui cantando como se já estivesse cantado uma história dessa”, disse Luciano.
Já faz tempo que Zezé e Luciano não gravam um disco novo. O último projeto em estúdio foi em 2017, mas a bagagem não deixa margem para reclamação.
Músicas como “Fera Mansa”, “Sonho de Amor”, “Toma Juízo”, “Preciso Ser Amado”, “Tarde Demais”, “Como um Anjo”, “Pra não pensar em você”, “Brincar de Ser Feliz”, “Me Leva Pra Casa”, “A Ferro e Fogo” e “Menina Veneno”.
Zezé Di Camargo e Luciano no palco do Ribeirão Rodeo Music 2024 em Ribeirão Preto, SP
Érico Andrade/g1
Coube uma homenagem de Zezé e Luciano a música sertaneja. Juntos cantaram “Estrada da Vida”, do legado de Milionário e José Rico para a música brasileira.
“Ribeirão Preto é conhecido como uma das cidades que mais tem força no sertanejo, a música brasileira. Essas pessoas pavimentaram a estrada pra gente desfrutar hoje o sucesso da música sertaneja”, disse Zezé.
Em “Brincar de Ser Feliz”, os fãs fizeram um coro de arrepiar.
“Eu não sei vocês sabem, mas eu e o Luciano somos os artistas mais regravados, são mais de 100 canções”, disse Zezé. “Hoje nós tocamos três: “Me Leva Pra Casa” (Lauana Prado), “Como Um Anjo” e “Brincar De Ser Feliz” (César Menotti & Fabiano)”, completou Luciano.
Zezé Di Camargo e Luciano no palco do Ribeirão Rodeo Music 2024 em Ribeirão Preto, SP
Érico Andrade/g1
O melhor estava guardado para o fim. Música que deu sentido a tudo na vida dos dois filhos de Francisco, “É o Amor” foi cantada a plenos pulmões pelos fãs. Ainda houve fôlego para “No Dia Que Sai De Casa” e “Flores em Vida”.
“Mexe Que é Bom” transformou a arena em um bailão. Chapéus foram erguidos para o alto, para lá e para cá, a pedido da dupla, enquanto “todo mundo colado, apertado”, dançava.
No fim do show, Zezé perguntou se o público havia gostado. A julgar pelos aplausos frenéticos, os fãs já querem um bis.
Veja mais notícias do Ribeirão Rodeo Music 2024
Vídeos: Tudo sobre Ribeirão Preto, Franca e região

Matéria: G1 POP & Arte

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo